sintético

acorda levanta toma uma decisão compra o bilhete e vem pega o ônibus dorme acorda sente medo sente saudade me encontra me abraça me aperta me cheira me quer me toma me rouba me tem sou sua temos pouco tempo me segura me pega me toca me olha me ama desliga acorda suado assustado triste tem que voltar faz a mala faz a ligação faz o café e vai

amorando

inteiro

Faz o que puder comigo
Você tem o que quiser de mim

Despe a minha alma com os seus dedos fugazes

Veste o meu corpo
Com o teu corpo nu

Preenche a minha boca com o teu beijo molhado

Descasca a minha pele
Com o teu prazer

Clareia o meu dia
Com a tua fome

E me dá o seu amor inteiro

Do quarto ao banheiro
Do quadril ao tornozelo
De janeiro a janeiro

amorando

ellie

Às vezes imagino
Seu nariz empinadinho
Seus olhinhos de jabuticaba
E suas bochechas rosadas

Às vezes imagino
Seus cabelos fininhos
Seus dedos gordinhos
E sua roupa amarrotada

Às vezes fantasio como vai ser quando estiver aqui
E até sinto falta do que ainda não existe

Você faz eu querer ser melhor
Melhor do que nunca fui
Melhor do que posso ser

Vem no seu tempo
Vem na sua hora
Estamos te esperando
Com muito amor
E umas boas risadas

amorando

MAYOR

Você não tem dinheiro
Nem munição
Querem te fazer de otário
Querem te deixar no chão

Eles vão te pegar
Eles querem te ferir
Não tenha medo de lutar
Eles vão te reprimir

Eles sugam sua alma
Queimam seu coração

Te tornam escravo
Te deixam na mão

Eles querem te cegar
Eles vão te machucar
Não abandone seus princípios
Nunca deixe de lutar.

amorando